Dr. Roberto Ayres - cirurgia do aparelho digestivo, endoscopia digestiva e obesidade

Endoscopia Digestiva Alta

É um exame que permite visualizar o esôfago, estômago e duodeno até a 2ª porção, considerada a primeira parte do intestino. Realiza-se introduzindo-se um tubo flexível, através da boca, sob sedação. Esse tubo contém uma lente, luzes e um canal onde o médico poderá trabalhar para coletar material ou realizar algum tratamento.

Preparo

O estômago deverá estar vazio. Não coma nem beba nada 8 horas antes do exame. As medicações podem ser tomadas com pequenos goles de água, 1 hora antes do horário agendado. “Não tome antiácido.”

O que acontecerá

O médico e/ou a enfermeira fará uma entrevista, investigando possíveis patologias, reações alérgicas, cirurgias anteriores e se já realizou exame de endoscopia anteriormente. Caso afirmativo, o laudo se faz necessário. Você precisará colocar uma vestimenta do hospital, remover seus óculos, lentes de contato e prótese dentária.

Como é realizado

Na sala de exame você será colocado numa posição adequada, ou seja, deitará sobre o lado esquerdo. Será oferecida uma medicação oral “luftal” para eliminar bolhas de ar; facilitando a visualização do estômago e do duodeno. Um protetor plástico será colocado entre seus dentes para manter sua boca aberta durante o exame. Um tubo flexível, fino e pequeno será passado através de sua boca. Por meio dele, o médico será capaz de identificar qualquer anormalidade que possa estar presente, inclusive pesquisar amostras de tecido (biópsias) colhidas durante o exame para análise laboratorial detalhada. Não causa dor. Alguns tratamentos podem ser realizados pela endoscopia. Estes incluem dilatação de uma área estreitada do esôfago, estômago e duodeno, remoção de pólipos, objetos deglutidos e tratamento de vasos sangrantes e úlceras por injeção interna ou aplicação de calor (usando corrente elétrica diatermal, laser, argônio ou heater probe).

Um anestésico tópico (spray) será “borrifado” na sua garganta, permitindo a passagem do aparelho sem provocar dor ou náuseas.

Uma medicação para relaxar ou mesmo um anestésico será aplicado na veia momentos antes de iniciar o exame, para fazer você adormecer. Essa medicação provoca sono e esquecimento por algum tempo. Por isso você não deve dirigir após o exame ou realizar tarefas que necessitem de atenção, como operar máquinas ou tomar decisões importantes, já que a sedação diminui seus reflexos e seu raciocínio. Deve vir acompanhado de uma pessoa que lhe conduza para casa.

Tempo do exame

É um exame rápido; dura, em média, 15 minutos e é indolor.

Após o procedimento

Você irá permanecer na endoscopia em torno de 30 minutos, até a neutralização completa dos efeitos do sedativo e/ou anestésico. Sua garganta pode ficar adormecida ou levemente irritada. Você não deve comer ou beber até que seu reflexo de deglutição esteja normal. Depois disso, você pode retornar à sua dieta regular, a menos que seja aconselhado a fazer o contrário. Você pode sentir gases ou pequena distensão abdominal, pelo ar que foi introduzido através do endoscópio; contudo, isso passará rapidamente.

Riscos

As complicações são raras, menos de 1 para 1.000 exames. Podem ocorrer complicações, tais como: reações a medicações, perfurações (rasgos) e sangramentos, necessitando de tratamento ou de cirurgia. Essas complicações estão mais relacionadas ao procedimento terapêutico.

Questões / Dúvidas

É importante que você informe ao seu médico se ocorrerem, dor, fezes pretas, febre ou vômitos nas primeiras 24 horas após o exame. Caso ainda tenha dúvida sobre o exame, você poderá entrar em contato com a enfermeira da unidade de endoscopia.

Orientações sobre o Exame Endoscópico



1. Na hora do exame, você deve estar com o estômago vazio, em jejum de 10 horas. Por isso, não tome café da manhã no dia da endoscopia e, na noite anterior, faça apenas um jantar leve.




2. Sinta-se o mais a vontade possível. Fique tranqüilo, pois a endoscopia é indolor. Além disso, retire as peças de roupa que eventualmente possam incomodá-lo, como gravata e paletó. Caso esteja usando óculos ou dentadura, retire-os também. Qualquer dúvida sobre o exame, pergunte ao médico especialista.





3. Você receberá um spray anestésico na garganta, para facilitar a inserção do endoscópio.





4. Em seguida, você recebe um medicamento para limpar o estômago e facilitar a observação das paredes do órgão. Além de uma outra medicação para tranqüiliza-lo e fazê-lo relaxar.




5. Durante o exame, deixe o endoscópio passar lentamente pela garganta, de acordo com a orientação do médico especialista. Em seguida respire fundo e o endoscópio deslizará para dentro naturalmente. O exame dura poucos minutos, por isso, simplesmente mantenha-se relaxado.




6. Você ficará com a garganta anestesiada por cerca de 30 minutos. Espere 1 hora ou mais antes de tomar líquidos, comer ou fazer gargarejos. Recomenda-se não dirigir durante todo o dia após o exame, pois o medicamento que você recebeu para relaxá-lo e tranqüilizá-lo poderá causar sonolência e/ou diminuir seus reflexos. Venha com um acompanhante para o exame.

 

Ilustração do exame endoscópio

O endoscópio se movimenta dentro de estômago permitindo a visualização de todo o órgão e do início do intestino delgado. Biópsias podem ser realizadas em qualquer área de aparência anormal.

AGENDE SUA CONSULTA: (15) 3232-3311